Quem foi Bakhita? Restos mortais de escrava revelam história do holocausto negro no Brasil

O esqueleto preservado de Josefine Bakhita, batizada em homenagem à primeira santa mulher africana, pode ser visto na sede do Instituto de Pesquisa e Memória Pretos novos, no bairro carioca da Gamboa. Escravizada na África, Bakhita não resistiu à travessia do Atlântico, chegou morta ou muito doente ao Brasil e foi enviada ao Cemitério dos... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑