Babuínos fazem sons de vogais semelhantes aos humanos, revelando a evolução de sua linguagem

 

Os babuínos produzem cinco sons distintos de vogais, semelhantes aos humanos, de acordo com uma nova pesquisa que sugere que a linguagem começou a evoluir cerca de 25 milhões de anos atrás, muito antes do que se pensava anteriormente.

Pensou-se que os babuínos, um tipo de macaco, não tinham o tipo certo de laringe para fazer tal variedade de sons. No entanto, uma análise acústica de seus grunhidos, latidos, “wahoos”, “iaques” e chamadas de cópula descobriu que eles eram capazes de vocalizações notavelmente humanas.

Escrevendo na revista PLOS ONE , o Dr. Louis-Jean Boë e colegas disseram: “A linguagem é uma característica distintiva de nossa espécie e o curso de sua evolução é uma das problemáticas mais difíceis da ciência.

“Há muito tempo se considera que a fala humana requer uma laringe baixa e que a laringe alta de primatas não humanos deveria impedir a produção de sistemas vocálicos universalmente encontrados na linguagem humana.

“Examinando as vocalizações através de análises acústicas, anatomia da língua e modelagem do potencial acústico, descobrimos que os babuínos produzem sons que compartilham a estrutura de formantes [freqüência sonora] f1 / f2 das vogais humanas.”

Eles disseram que sua pesquisa confirmou que os hominoides, como os babuínos, eram capazes de produzir qualidades vocálicas contrastantes, apesar de sua alta laringe.

E o Dr. Boë, da Universidade de Grenoble Alpes, na França, argumentou que isso tem implicações significativas para o início das línguas faladas pelas pessoas hoje em dia.

Anteriormente, pensava-se que a palavra falada se originou em algum momento nos últimos 70.000 a 100.000 anos.

No entanto, os pesquisadores escreveram no artigo do PLOS ONE que suas descobertas sugeriam que “as línguas faladas evoluíram de antigas habilidades articulatórias já presentes em nosso último ancestral comum com Cercopithecoidea, cerca de 25 milhões de anos atrás”.

Como parte de seu trabalho, eles ouviram cerca de 1.335 vocalizações espontâneas produzidas por 15 babuínos guineenses machos e fêmeas em diferentes contextos sociais.

Eles também estudaram a anatomia dos tratos vocais de dois babuínos depois que eles morreram de causas naturais.

Os humanos são capazes de fazer sons de vogais porque podem controlar com precisão a posição da língua.

Os exames anatômicos das línguas dos babuínos descobriram que eles tinham os mesmos músculos encontrados em humanos, sugerindo que eles usam uma técnica similar.

 

Fonte: The Independent

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: